SUPERAÇÃO - Jovem de 25 anos com doença rara, 1m11 de altura, se forma em Direito neste final de semana

Neste sábado (1º/08), Jaqueline de Carvalho Aguiar – de Sacramento (MG) - vai colar grau no curso de Direito da Universidade de Uberaba (Uniube). Mesmo pelo período de isolamento social provocado pela pandemia do Coronavírus no País, a formatura vai acontecer, porém no formato remoto (através do link: uniube.br/formaturas/transmissoes).

A vida desta jovem de apenas 25 anos até chegar à graduação não foi nada fácil. Ela mora com os pais (Edelcio Nunes de Aguiar e Gasparina de Carvalho) em um sítio na zona rural (Santa Maria) de Sacramento e antes da pandemia, ela viajava todos os dias de ônibus para concluir os estudos, que é a realização do maior sonho dela. Para atravessar essa missão, ela arrebatou o aprendizado com muito estudo, estágio (prefeitura e na 1ª Vara do Fórum da Comarca de Sacramento) e incentivo da família e amigos. Para a faculdade, sua mãe a acompanhou todos os dias dessa labuta até à conclusão do curso.

Até aí, parece que dependeu somente de seus esforços. Engana-se. Jaque, como é carinhosamente conhecida, tem 1m11 de altura. Ela nasceu com uma doença rara chamada Mucopolissacaridose (MPS), que é do tipo 4A (síndrome de Morquio), que podendo afetar órgãos e principalmente os ossos. Devido a esse problema, todas as segundas-feiras, ela precisa ir até ao hospital da cidade onde mora para fazer aplicação por infusão do medicamento especial para esse tratamento, ficando até 4 horas na internação.

A rotina dela é essa. Enfrentar os desafios diários mesmo com a doença, mas com muita determinação para vencer e superar todos os obstáculos. E a sua primeira vitória chegou: a formatura em Direito neste final de semana.

Outro sonho: em 2018, Jaque participou do quadro “O Brasil que eu quero...” do jornalismo da TV Globo. De Sacramento para o mundo, o seu vídeo foi selecionado e exibido para milhões de telespectadores. No vídeo, apareceu a jovem e sua mãe clamando que o “Brasil que querem para o futuro é aquele que os governantes olham por nós, portadores de doenças raras, pois estamos sem medicamentos, ao qual precisamos para viver”. Assista o vídeo por esse link: https://youtu.be/yheWx_tq0JM

Especial por Jorn. Daniel Afonso

Fonte : https://virounoticiaregiao.blogspot.com/2020/07/o-brasil-que-queremos-e-o-que-tenha.html