Por que a APMPS/DR esteve no II Encontro Ibero Americano de Doenças Raras?

Encerrou-se o II Encontro Ibero Americano de Doenças Raras.

A importância destes encontros é a troca de experiências que acontece e nos favorece. Invariavelmente, os países com maiores dificuldades recebem o que já trilhamos e tentam aplicar em seu país. O mesmo acontece conosco ao depararmos com caminhos já trilhados onde estas experiências podem ser revertidas a nosso favor.

Vale lembrar que não gastamos com estas viagens. A APMPS-DR, em quase 100% das vezes é convidada e tem seus custos pagos pelo anfitrião do evento e ou congresso ou por um patrocinador que vê no nosso trabalho a credibilidade de exercício. Nosso trabalho é reconhecido em muitos lugares do mundo e muitos querem ouvir nossas experiências, e os nossos casos de sucesso.

Aprendemos muito e levamos esses conhecimentos aos nossos assistidos. Estamos em busca de tratamento ou oportunidades para os que não tem, melhorias para os que tem. Temos que ir adiante, temos que aproveitar cada oportunidade para saber mais e mais. O modo como estes governos tratam seus cidadãos é algo ímpar. Se todos os gestores fossem conscientes como o são nos países como América e Europa, não teriamos os problemas que enfrentamos para ter o mínimo de dignidade em vida. Por outro lado, vemos que temos muitos irmãos, em outros países, que tem realidades temerosas, onde podemos com o pouco que conquistamos, ajuda-los com informações e caminhos que já trilhamos e deram certo.

Por essas e outras que tudo vale muito a pena. Sempre!