Homem se recupera de doença rara que o fazia delirar de dor e nem beijar ele conseguia

Mark Steadman de 38 anos sofria de uma doença rara que fazia com sentisse dores absurdas no rosto, ao menor toque.
Situações cotidianas como lavar o rosto, coçar a pele, sentir a brisa no rosto ou simplesmente beijar eram para ele impossíveis, devido a intensidade da dor.
A doença se chama neuralgia do trigêmeo e é causada por pressão no nervo trigeminal – o maior nervo do crânio humano.
Mark foi diagnosticado com a doença em 2009, a última vez que beijou sua esposa.
No dia a dia ele tomava fortes remédios, inclusive doses altíssimas de morfina para amenizar sua dor.

Em 2014, o rapaz pode comemorar: após se submeter a uma cirurgia onde houve a retirada de parte de seu crânio ele está livre das dores! Além da retirada de parte da caixa craniana, ele teve seu nervo envolto com teflon.
O procedimento foi realizado no Hospital Queen Elizabeth e durou seis horas.
É provável que ele tenha que se submeter a outro procedimento em alguns anos.
A neuralgia do trigêmeo é uma doença que acomete 12 a cada 100 mil pessoas. Mais de 1/4 dos portadores não aguentam e acabam se suicidando.